English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 58, N° 2 (2010)

open journal systems


Uso da fluxometria laser doppler em dentes decíduos traumatizados / Use of laser Doppler flowmetry in traumatized primary teeth

Isabela Capparelli CADIOLI
Célia Regina Martins Delgado RODRIGUES, in memorian
Gesse Eduardo Calvo NOGUEIRA
Márcia Turolla WANDERLEY



Resumo

A necrose pulpar apresenta-se como uma sequela de difícil diagnóstico em dentes decíduos traumatizados e, muitas vezes, somente é detectada após o aparecimento de sinais como fístula, lesão periapical e reabsorção inflamatória externa. Os dados provenientes da anamnese, dos exames clínicos intra-bucal e radiográfico são limitados. Para melhorar esse diagnóstico, sugere-se a utilização de testes objetivos e não invasivos que avaliem a circulação sanguínea. O objetivo deste artigo foi apresentar um caso clínico que utilizou a Fluxometria Laser Doppler para auxiliar no diagnóstico de necrose pulpar do dente 51, em uma criança de 4 anos e 2 meses de idade atendida no Centro de Atendimento e Pesquisa de Traumatismos em Dentes Decíduos da Disciplina de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo. O dente 51 não apresentava sinais clínicos de necrose pulpar. O aparelho utilizado foi o Fluxômetro Laser Doppler (Moor Instruments, Axminster, Inglaterra), modelo moorLAB, com diodo laser emitindo no comprimento de onda de 780nm, potência de 1mW, banda Doppler fixada em 15kHz. Para o dente 51, foi obtido valor de fluxo de 2,1UA e o valor da variação percentual entre o dente 51 e 52 foi de 40,4%. Estes valores classificam o dente como desvitalizado. Assim sendo, foi possível realizar o diagnóstico de necrose pulpar utilizando a Fluxometria Laser Doppler como método auxiliar sem que houvesse sinais clínicos evidentes dessa sequela.

Termos de indexação: dente decíduo; necrose da polpa dentária; traumatismos dentários.


ABSTRACT

The diagnosis of pulp necrosis in traumatized primary teeth is difficult. Pulp necrosis is usually detected after signs like fistula, periapical radiolucency and inflammatory root resorption appear. Data from anamnesis and clinical and radiographic examinations are limited. In order to improve diagnosis, the use of objective and noninvasive tests that assess blood flow has been suggested. The aim of this article was to present a clinical case where laser Doppler flowmetry was used to aid the diagnosis of pulp necrosis in the upper right central incisor (tooth 51) of a child aged 4 years and 2 months seen at the Pediatric Dental Trauma Research Center of the Pediatric Department of FOUSP. Tooth 51 presented no clinical sign of pulp necrosis. The laser Doppler flowmeter (Moor Instruments, Axminster, England) model moorLAB was used with a 780 nm diode laser, cut-off frequency of 15 kHz and intensity of 1mW. The flow value of tooth 51 was 2.1UA and the percentage variation between teeth 51 and 52 was 40.4%. These values classify the tooth as devitalized. Therefore, it was possible to obtain a diagnosis of pulp necrosis using laser Doppler flowmetry in a tooth without evident clinical signs of this sequela.

Indexing terms: deciduous tooth; dental pulp necrosis; tooth injuries.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso