English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 59, N° 3 (2011)

open journal systems


Anquilose temporomandibular: uma rara manifestação da espondilite anquilosante / Temporomandibular ankylosis: a rare manifestation of ankylosing spondylitis

Belmiro Cavalcanti do Egito VASCONCELOS
Ricardo Viana Bessa NOGUEIRA
Ricardo Wathson Feitosa CARVALHO
Antonio Azoubel ANTUNES



Resumo

Espondilite anquilosante é considerada uma condição crônica do grupo de doenças inflamatórias sistêmicas, de padrão reumático, que acomete os tecidos conectivos, afetando, primariamente, o esqueleto axial, sendo incomum nas articulações periféricas. A doença traz limitações no cotidiano, através da atividade motora reduzida, em virtude da rigidez, comprometendo o estado emocional e a qualidade de vida. Apesar de ser pouco comum a queixa de sintomas na articulação temporomandibular, o envolvimento dessa articulação, em alguns casos, pode ocasionar sintomas graves. Episódios de cefaleia frequentes e de longa duração além de dor maxilar ao movimento de abertura bucal são os sintomas mais frequentes do acometimento temporomandibular. No início da doença, os sintomas são geralmente unilaterais e intermitentes. Conforme a doença avança, estes são mais severos, podendo chegar à rara ocorrência da anquilose temporomandibular. Os primeiros sinais clínicos da anquilose temporomandibular é a limitação dos movimentos mandibulares, sendo essencial o diagnóstico prematuro do acometimento dessa articulação, possibilitando uma abordagem precoce. Este artigo tem como objetivo relatar um caso raro de anquilose da articulação temporomandibular secundária à espondilite anquilosante, abordando seus aspectos clínicos e terapêuticos.

Termos de indexação: Anquilose. Doenças reumáticas. Espondilite anquilosante. Transtornos da articulação temporomandibular.


ABSTRACT

Ankylosing spondylitis is considered to be a chronic condition from the group of systemic inflammatory diseases of rheumatic pattern. It affects connective tissues and particularly the axial skeleton, but it is unusual for it to develop in peripheral joints. It poses limitations to the patients daily life because of restrictions to motor activity caused by rigidity, thus compromising their emotional condition and quality of life. Although complaints about symptoms in the temporomandibular joint are not frequent, in some cases the involvement of this joint may lead to severe symptoms. Episodes of frequent, long-lasting headaches and maxillary pain when patients open their mouths fully are the most frequent symptoms of temporomandibular involvement. At the onset of the disease, symptoms are usually unilateral and intermittent. As the disease progresses, symptoms may become more severe, possibly leading to the rare occurrence of temporomandibular ankylosis. The first clinical sign of temporomandibular ankylosis is limited jaw movement. An early diagnosis of the involvement of this joint is essential so that an early approach can be made. The purpose of this paper is to report a rare case of ankylosis of the temporomandibular joint, secondary to ankylosing spondylitits, and to discuss its clinical and therapeutic aspects.

Indexing terms: Ankylosis Rheumatic diseases. Spondylitis ankylosing. Temporomandibular joint disorders.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso