English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 56, N° 2 (2008)

open journal systems


Granuloma piogênico oral: um estudo epidemiológico de 191 casos

Rafael Linard AVELAR
Antonio Azoubel ANTUNES
Ricardo Wathson Feitosa de CARVALHO
Thiago de Santana SANTOS
Patrício José de OLIVEIRA NETO
Emanuel Sávio de Souza ANDRADE



Resumo

Objetivos: Avaliar a prevalência do granuloma piogênico e comparar os dados obtidos com outros relatos na literatura mundial. Métodos: O material do estudo foi levantado a partir dos registros de pacientes com diagnóstico de granuloma piogênico oral no Laboratório de Patologia Oral da Faculdade de Odontologia, da Universidade de Pernambuco, no período de janeiro de 1992 a março de 2007 (15 anos). Foram analisados os indicadores gênero, faixa etária, raça, localização anatômica, diâmetro das lesões e presença de sintomatologia. Resultados: Dentre os 5007 registros presentes no laboratório, 3,81% correspondiam a lesões diagnosticadas como granuloma piogênico oral, onde 19,9% dos pacientes pertenciam a segunda década de vida, 40,1% eram da raça branca, a gengiva foi o local mais acometido (77,9%) e lesões de menor diâmetro (0,1 a 2 cm) foram as mais observadas no diagnóstico inicial. Conclusão: As características clínico-patológicas do granuloma piogênico oral na população estudada é similar aos outros estudos presentes na literatura.
Termos de indexação: granuloma piogênico; epidemiologia; patologia bucal.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso