English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 55, N° 3 (2007)

open journal systems


Conexão protética mais utilizada em implantes unitários por cirurgiões-dentistas que praticam implantodontia

Tales CYRÍACO
Alexander DAlvia SALVONI
Thomaz WASSALL



Resumo

Objetivos: Estudar a conexão protética mais utilizada em implantes unitários por cirurgiões-dentistas que praticam implantodontia.
Métodos: Cinco conexões foram escolhidas tais como Pilar Cônico ou Esteticone®, Ucla®, Cera-one® ou Pilar Sextavado, Munhão estético® (Cera-adapt® ou pilar de óxido de alumínio ou zircônia) e Munhão personalizado®, e fizeram parte de um questionário entre os profissionais da Odontologia durante o evento em São Paulo – Brasil 40 anos de Osseointegração” em 2005. Resultados: Após coleta dos dados e análise estatística, evidenciou que a maior preferência na escolha da conexão recaiu sobre a conexão UCLA®. Esta conexão foi mais usada por 35,5% dos especialistas em implantodontia ali presentes quando se considerou a região anterior da boca e 37,5% na região posterior. Para os mestrados, a preferência foi de 29,1% para a região anterior e de 33,7% para a região posterior da boca. Para os doutores a percentagem de 22,2% ocorreu na região anterior da boca e de 38,9% na sua região posterior.
Conclusão: Diante dos resultados obtidos pode-se concluir que a conexão UCLA® tem sido a mais utilizada pelos cirurgiões-dentistas da amostra.

Termos de indexação: implante dentário endoósseo; osseointegração; odontológos.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso