English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 56, N° 4 (2008)

open journal systems


Análise do índice de placa gengival e higiene bucal de pacientes em relação ao tabagismo

Welingtom DINELLI
Taís Cristina Dinelli ESPERANÇA
André Afif ELOSSAIS
Nára Rejane SANTOS-PEREIRA
Pedro Gregol da SILVA
Patrícia Petromili Nordi Sasso GARCIA



Resumo

Objetivo: Avaliar clinicamente as alterações periodontais causadas pelo cigarro em pacientes fumantes e não fumantes sob dois aspectos: índice de placa gengival e higiene bucal. Métodos: Foram selecionados 80 pacientes de ambos os sexos, de faixa etária entre 20 e 50 anos, divididos em quatro grupos experimentais (pacientes não fumantes sem restaurações estéticas, pacientes não fumantes com restaurações estéticas, pacientes fumantes sem restaurações estéticas e pacientes fumantes com restaurações estéticas).
Resultados: Os pacientes sem restaurações, independentemente de serem ou não fumantes, apresentaram menor índice gengival que os pacientes com restaurações, ou seja, a presença de restaurações exerce forte influência no aumento dos índices de placa bacteriana e gengival. Em relação à higiene bucal, dos 40 pacientes fumantes examinados, muitos mantinham o vício de fumar há muitos anos; na maioria dos casos, em torno de 20 cigarros/dia. Dos 80 pacientes examinados (fumantes e não fumantes), cerca de 50% informaram escovar os dentes três vezes ao dia, e 55 pacientes (mais de 50%) informaram visitar o cirurgião-dentista periodicamente. Dos 80 pacientes examinados (fumantes e não fumantes), apenas 17 retornavam ao consultório dentário a cada seis meses, enquanto 26 pacientes informaram que compareciam ao consultório uma vez ao ano. Constatou-se também equilíbrio entre fumantes e não fumantes quanto à presença de mau hálito.
Conclusão: As restaurações exerceram forte influência no aumento dos índices de placa bacteriana e gengival, e mais de 50% dos pacientes examinados informaram visitar o cirurgião-dentista periodicamente. Em relação à presença de mau hálito, constatou-se que cerca de 40% afirmaram percebê-lo.

Termos de indexação: tabagismo; periodontia; higiene bucal.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso