English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 55, N° 4 (2007)

open journal systems


Prevalência da Síndrome de Kelly em usuários de prótese parcial removível

Lígia Del Arco Pignatta CUNHA
Eduardo Passos ROCHA
Eduardo Piza PELLIZZER



Resumo

Objetivos: Pacientes portadores de prótese total maxilar contra prótese parcial removível de extremo livre mandibular apresentam sinais clínicos específicos que constituem a Síndrome de Kelly, desse modo, avaliou-se a prevalência da Síndrome de Kelly em 33 pacientes submetidos a tratamento com prótese parcial removível de extremo livre.
Métodos: O exame clínico foi direcionado para detectar a presença dos sinais: reabsorção óssea na região anterior da maxila; hiperplasia papilar palatina; aumento volumétrico das tuberosidades; extrusão dos dentes naturais inferiores e reabsorção óssea severa abaixo da base da prótese parcial removível de extremo livre mandibular. Os achados clínicos foram correlacionados com a presença ou não de desordem temporomandibular através da Escala Anamnésica de Fonseca.
Resultados: Observou-se que nenhum paciente apresentou todos os sinais (reabsorção óssea na região anterior da maxila, hiperplasia papilar palatina, aumento volumétrico das tuberosidades, extrusão dos dentes naturais inferiores anteriores e reabsorção óssea acentuada abaixo da base de resina da prótese parcial removível mandibular), com 84,85% apresentando entre dois e quatro sinais, e 15,15% apresentando somente um sinal específico da Síndrome. Conclusão: Observou-se que nenhum paciente apresentou a Síndrome de Kelly caracterizada pelo agrupamento dos cinco sinais, entretanto, todos apresentaram os sinais de forma isolada ou parcialmente agrupados e 89% apresentou algum grau de desordem temporomandibular.
Termos de indexação: prótese parcial removível; prótese total; reabsorção óssea.



Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso