English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 55, N° 4 (2007)

open journal systems


Manifestações bucais e sistêmicas em crianças com doença hepática crônica

Adriana Furtado de MACEDO
Ramiro Anthero de AZEVEDO
Fátima ZANIN
Danilo Antonio DUARTE



Resumo

Doença hepática crônica definida como lesão inflamatória do fígado, apresenta etiologias e graus de necrose e inflamação hepatocelular variados. Essas hepatopatias causam modificações bucais e sistêmicas pouco relatadas na literatura odontológica. Alterações na cavidade bucal como a pigmentação esverdeada de tecidos duros e moles, hipoplasia de esmalte e hipocalcificação são notadas em crianças com doença hepática crônica de tenra idade. Concomitante a essas mudanças observa-se algumas manifestações sistêmicas características, como a icterícia, xantomas e hepatoesplenomegalia. Dentre as opções terapêuticas para crianças com doença hepática crônica encontra-se o transplante hepático. Porém, para que se ocorra o ato cirúrgico é fundamental a intervenção do profissional da área odontológica, a fim de se eliminar e prevenir surgimento de focos infeccioso. Dessa forma, o presente trabalho oferece ao cirurgião dentista, em especial ao odontopediatra subsídios científicos para o diagnóstico e intervenção do profissional em crianças com doença hepática crônica.
Termos de indexação: hepatopatias; odontopediatria; manifestações bucais.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso