English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 55, N° 4 (2007)

open journal systems


Análise da remoção do smear layer pelo uso de três soluções irrigantes

Nivaldo André ZÖLLNER
Maria Carolina Alves FERREIRA
Pedro Luiz de CARVALHO
Durval RODRIGUES JUNIOR
Rosana Giovanni Pires CLEMENTE
João Marcelo Ferreira de MEDEIROS



Resumo

Objetivos: Comparar através de microscopia eletrônica de varredura, a ação das substâncias químicas utilizadas na irrigação final, com vistas à remoção da camada residual de magma dentinário.
Métodos: Foram selecionados 20 dentes caninos superiores humanos extraídos, os quais foram divididos em quatro grupos, a saber: G1 (grupo controle) tergensol, G2 (grupo experimental) EDTA-T 17 %, G3 (grupo experimental) ácido cítrico a 10% e G4 (grupo experimental) ácido fosfórico a 37% em gel. Findo o preparo químico cirúrgico dos canais radiculares e irrigação final com as quatro substâncias, os referidos dentes foram submetidos à avaliação em microscópio eletrônico de varredura.
Resultados: Os resultados evidenciaram que a solução de EDTA-T 17 % mostrou-se mais eficaz na remoção do magma dentinário quando comparada com o tergensol (p0,01) e o ácido fosfórico (p0,01), todavia com resultados semelhantes entre o EDTA-T e o ácido nítrico. No que respeita o ácido cítrico a 10% e o ácido fosfórico 37% ambos tiveram desempenhos quanto à remoção da camada residual de magma, porém, este último não apresentou diferença de resultado em relação ao EDTA-T a 17%.
Conclusão: O tergensol foi ineficiente na remoção da camada residual de magma, principalmente nas áreas onde não ocorreu ação dos instrumentos na parede do canal.
Termos de indexação: camada de esfregaço; irrigantes do canal radicular; microscopia eletrônica.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso