English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 60, N° 2 (2012)

open journal systems


Influence of patient age on dentists decision-making to extract or preserve a tooth / Influência da idade do paciente no processo de tomada de decisão de extrair ou manter um dente por cirurgiões-dentistas

Sérgio D AVILA
Pierre Andrade Pereira de OLIVEIRA
Gigliana Maria Sobral CAVALCANTE
Eliane Helena Alvim de SOUZA
Arnaldo de França CALDAS JÚNOR



Resumo

Objective
The study examined the influence of patient age on the process of decision-making by dentists in keeping or extracting an extensively decayed tooth.

Method
This is a cross-sectional study that used “case scenarios”. The sample consisted of 81 general dental practitioners Campina Grande (Paraíba). They answered a two-part questionnaire, one containing their identification data and another to determine the treatment decision. The case scenario 1 presented a face photograph of a young patient and a photograph of an extensively decayed tooth. After presenting the case, the question was put: “In your opinion, what is the prognosis for this tooth? Would you extract or maintain the tooth? “After a minimum interval of one month, a second meeting was arranged and the case scenario 2 was presented: the photograph of the face of an elderly patient and the photograph of the same tooth, and the same question was asked. Data were entered on a SPSS software spreadsheet and the statistical analysis of association was carried out using the Chi-square test.

Results
The majority opted for greater preservation of the tooth of a young patient (95.1%) than in elderly patients (75.3%). However, the frequency of decisions to extract the tooth in a young patient was compared with the decision for the elderly patient and revealed a greater preservation of the tooth of the young one.

Conclusion
Patient’s age influences the decision-making process for treatment by the dentist.

Indexing terms: Community dentistry. Decision making. Prejudice.


RESUMO

Objetivo
Verificar a influência da idade do paciente no processo de tomada de decisão por cirurgiões-dentistas em manter ou extrair um elemento dentário extensamente cariado.

Métodos
Trata-se de um estudo do tipo transversal com a utilização de “cenário de casos”. A amostra foi constituída de 81 cirurgiões-dentistas que desenvolviam a atividade clínica em Campina Grande, Paraíba, e que responderam a um questionário com duas partes, uma contendo os dados de identificação e outro para determinar a decisão de tratamento. O cenário de caso 1 apresentava a fotografia da fisionomia do paciente jovem e outra fotografia do dente extensamente cariado. Após a apresentação do caso era feita a pergunta: “Em sua opinião, qual a conduta para esse elemento dentário? Extrairia ou conservaria o dente em questão?” Após o intervalo de um mês, era realizado um segundo encontro, sendo apresentado o cenário de caso 2: a fotografia da fisionomia do paciente idoso e a fotografia do mesmo dente sendo feita a mesma pergunta. Os dados foram lançados na planilha eletrônica do software SPSS e a análise estatística de associação foi feita através do Qui-quadrado.

Resultados
A maioria optou por maior preservação do elemento dentário do paciente jovem (95,1%) do que no paciente idoso (75,3%). Porém, ao compararmos as frequências da decisão de extrair o elemento dentário no paciente jovem com a decisão no paciente idoso podemos notar uma maior preservação do elemento dentário do jovem.

Conclusão
A idade do paciente influencia na tomada de decisão de tratamento do cirurgião-dentista.

Termos de indexação: Odontologia comunitária. Tomada de decisões. Preconceito.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso