English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 61, N° 4 (2013)

open journal systems


Per capita cost of fluoridating the public water supply in a large municipality / Custo per capita da fluoretação da água de abastecimento público em um município de grande porte

Érica Helena Sgroi MARTINEZ
Antonio Carlos FRIAS
Haroldo José MENDES
Kelly Polido Kaneshiro OLYMPIO



Resumo

ABSTRACT

Objective
To estimate the per capita cost of fluoridating the municipal water supply of Sorocaba in 2009 and describe the costs from 1989 to 2008.

Methods
Sorocaba’s Autonomous Water and Wastewater Service disclosed the initial capital required for implementing the water fluoridation system and the costs associated with the purchase of chemicals, system operation, and control of fluoride concentration. These numbers were added and divided by the municipal population with piped water.

Results
In 2009 the per capita cost was R$ 1.43 (US$ 0.72), and from 1989 to 2008 the estimated per capita cost ranged from R$ 1.19 to R$ 1.43 (US$ 0.59 to 0.72).

Conclusion
The per capita cost of water fluoridation is low, and when the fluoride concentration is kept at the recommended levels, it is an efficient, simple, and safe public policy for preventing dental caries. Knowing its cost allows comparisons and encourages its implementation.

Indexing terms: Dental caries. Fluoridation. Water supply.


RESUMO

Objetivo
Estimar o custo per capita da fluoretação das águas de abastecimento público para o município de Sorocaba, em 2009 e descrever seus custos
financeiros de 1989 a 2008.

Métodos
Foi realizada uma pesquisa junto ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sorocaba e os dados sobre custos do capital inicial de instalação, do produto químico, da operacionalização do sistema e do controle dos teores de fluoreto foram obtidos, calculados e divididos pelo número de habitantes abastecidos por água no município.

Resultados
a) O custo per capita foi de R$ 1, 43 (US$ 0,72) em 2009 e b) no período de 1989 a 2008, a estimativa do custo per capita variou de R$ 1,19 a R$ 1,43 (US$ 0,59 a 0,72).

Conclusão
O custo per capita da fluoretação da água é baixo, comprovando que, quando praticada com os níveis de fluoreto recomendados, torna-se uma medida de saúde pública eficiente, simples e segura para a prevenção da cárie dentária. Estimar seu custo é importante para efeito de comparação e incentivo a sua implementação para outros municípios.

Termos de indexação: Cárie dentária. Fluoretação. Abastecimento de água.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso