English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 61, N° 2 (2013)

open journal systems


Quality of life of children with sleep-disordered breathing after rapid maxillary expansion: assessment by Osa-18 / Qualidade de vida de crianças com distúrbios respiratórios do sono após expansão rápida da maxila: avaliação pelo Osa -18

Lívia Patrícia Versiani GONÇALVES
João Pimentel da COSTA FILHO
Mercedes Fabiana dos Santos ARAÚJO
Filipe Ramos BARRA
Orlando Ayrton de TOLEDO



Resumo

ABSTRACT

Objective
This study assessed the quality of life of children with sleep-disordered breathing before and after rapid maxillary expansion.

Methods
A prospective clinical study was done at the University of Brasilia with a sample of 22 children aged 4 to 10 years who complained of difficulty breathing during sleep, snoring, restless sleep and obstructive sleep apnea. Questionnaire administration, clinical tests, nasal endoscopy, and CT scans of the head and neck were done before and after rapid maxillary expansion. The Wilcoxon and chi-square tests, analysis of variance (ANOVA) and odds ratio were used for the statistical analyses.

Results
The quality of life scores improved significantly. The total OSA-18 score decreased from 90.95 at baseline to 46.68 after rapid maxillary expansion. The mean quality of life score increased from 4.5 ± 1.7 to 7.9 ± 1.4, showing a significant improvement in the quality of life of the study children, regardless of the degree of airway obstruction or amount of expansion achieved. All study children complained of snoring, and 68.2% snored every night. After expansion, 36.4% stopped snoring. Additionally, complaints of apnea fell by 77.3%.

Conclusion
Children with sleep-disordered breathing have a poor quality of life mainly because of physical symptoms and sleep disturbances. The quality of life of these children improved significantly after rapid maxillary expansion, regardless of the degree of airway obstruction.

Indexing terms: Child. Quality of life. Sleep apnea, obstructive. Sleep disorders. Snoring.


RESUMO

Objetivo
Avaliar a qualidade vida de crianças com distúrbios respiratórios do sono antes e após Expansão Rápida da Maxila.

Métodos
Estudo clínico prospectivo realizado na Universidade de Brasília. A amostra contou com 22 crianças de 4 a 10 anos de idade, com queixas de dificuldade respiratória durante o sono, ronco, sono agitado e apneia obstrutiva do sono. A aplicação dos questionários, os exames clínicos, as tomografias computadorizadas da cabeça e pescoço e as nasofibroscopias foram realizadas antes e depois da Expansão Rápida da Maxila. Os testes Wilcoxon e o qui-quadrado, a análise de variância (ANOVA) e o cálculo da odds ratio foram utilizados para a análise estatística.

Resultados
Houve mudança significativa nos escores de qualidade de vida em todas as comparações dos valores médios, que variaram de 90,95 inicialmente a 46,68 após a Expansão Rápida da Maxila. A média da nota global, na escala visual, aumentou de 4,5 ± 1,7 para 7,9 ± 1,4, demonstrando significativa melhora na qualidade de vida das crianças, independente do grau de obstrução adenotonsilar e da quantidade de expansão obtida. Cem por cento da amostra apresentavam queixas de ronco, 68,2% roncavam todas as noites e, após a Expansão Rápida da Maxila, 36,4% não roncavam mais. Já as queixas de apneia diminuíram em 77,3% dos casos.

Conclusão
As crianças com distúrbios respiratórios do sono apresentam baixa qualidade de vida principalmente pelo sofrimento físico e perturbações do sono. A qualidade de vida destas crianças melhora consideravelmente após a expansão rápida da maxila, independente do grau de obstrução respiratória.

Termos de Indexação: Criança. Qualidade de vida. Apneia do sono tipo obstrutiva. Transtornos do sono. Ronco.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso