English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 61, N° 3 (2013)

open journal systems


Effect of activation mode on flexural strength in dual-polymerized resin cements / Efeito do modo de ativação na resistência a flexão de cimentos resinosos duais

Marina AMARAL
Rebeca DI NICOLÓ
João Carlos da ROCHA
Rodrigo Máximo de ARAÚJO
Maria Amélia Máximo de ARAÚJO



Resumo

ABSTRACT

Objective
To compare he influence of two activation modes on two similar dual-polymerized resin cements.

Methods
Bars (2 × 2 × 12 mm) of RelyX ARC (3M ESPE, MN, USA) (ARC) and Enforce (Dentsply, Rio de Janeiro, Brazil) (ENF) were prepared, and three types of polymerization method were tested: (1) L: LED photoactivation/40 s; (2) H: halogen Light activations/40 s, and (3) C: chemical activation only (Complete absent of light). The groups were ARC-L; ARC-H, ARC-C, Enf-L, Enf-H, and Enf-C (n = 8). After 24 h, the specimens were tested using the 3-point bending method on a universal testing machine.

Results
The ARC cement showed superior flexural strength results. The mode of activation revealed similar results on both cements tested, but lightactivated groups (with LED or Halogen light) showed higher flexural strength values than did the chemical-activation-only group.

Conclusion
(1) RelyX ARC cement showed superior flexural strength when compared with Enforce; and (2) light activation resulted in better flexural strength values when compared to chemical activation on dual-polymerized resin cements.

Indexing terms: Material resistance. Resin cements. Self-curing of dental resins.


RESUMO

Objetivo
Comparar a influência do modo de ativação de dois cimentos semelhantes, porém de fabricantes distintos.

Métodos
Barras (2 x 2 x 12 mm) dos cimentos RelyX ARC (3M ESPE, MN, USA) e Enforce (Dentsply, Rio de Janeiro, Brasil) (ENF) foram confeccionadas com auxílio de uma matriz de teflon bipartida, e três modos de fotopolimerização foram testados: (1) L: fotoativação por LED / 40 segundos; (2) H - fotoativação por luz halógena / 40 segundos; e (3) Q - apenas ativação química (ausência total de luz). Os grupos formados foram: ARC-L; ARC-H; ARC-Q; Enf-L; Enf-H e Enf-Q, com 8 amostras cada. Após 24 horas, o teste de miniflexão de três pontos foi aplicado em máquina universal de testes.

Resultados
O cimento ARC apresentou resultados de resistência superiores ao cimento Enf. O modo de ativação agiu de forma semelhante nos dois cimentos testados, sendo que a ativação por luz, seja L ou H, aumentou a resistência para ambos, comparada a ativação Q.

Conclusão
(1) O cimento RelyX ARC (3M ESPE, MN, USA) apresentou maior resistência à flexão de três pontos quando comparado ao cimento Enforce (Dentsply, Rio de Janeiro, Brasil); e (2) a ativação por luz aumentou a resistência para cimentos resinosos duais.

Termos de indexação: Resistência de materiais. Cimentos de resina. Autocura de resinas dentárias.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso