English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 61, N° 1 (2013)

open journal systems


Sterilization in the dental private sector / Esterilização no serviço odontológico privado

Ana Paula de NARDO
Tatiana Gonçalves ROMANO
Ana Giselle Aguiar DIAS
Gustav GUIMARÃES



Resumo

ABSTRACT

Objective
To evaluate the quality of the sterilization process in private dental clinics in Porto Velho, Rondônia.

Methods
A sample study was conducted with 100 dental clinics, by way of a questionnaire about procedures related to the sterilization process and implementation of biological monitoring of the equipment, using spores of Bacillus subtilis for the oven and Geobacillus stearothermophilus for the autoclaves.

Results
There was a predominant use of autoclaves for the sterilization of dental materials (72%); Among the equipment evaluated, 7(25%) ovens tested positive (ineffective sterilization) and no autoclaves (0%) produced positive results, demonstrating the effectiveness of the sterilization process. The following parameters, necessary for quality assurance of the sterilization process were found to be inadequate: incorrect time/temperature ratios (100% for autoclaves and 84.6% for ovens); Lack of thermometers on ovens (28%), absence of biological monitoring for control of sterilization (37.3% for ovens and 45.3% for autoclaves); and disinfection of instruments with glutaraldehyde is performed incorrectly. Most dental clinics do not interrupt the cycle of sterilization in ovens and make use of surgical grade sterilization of instruments in autoclaves. The sterilized material is stored in a suitable place.

Conclusion
ITherefore, given the results presented, it may be concluded that most of the private dental clinics in the city of Porto Velho, Rondônia, use autoclave sterilization as the preferred method and that it was effective given the biological indicators used, but the knowledge of dental surgeons regarding the process of sterilization and disinfection was insufficient, which alerts to the need for greater awareness by the professionals. It is hoped that the results can support both education and the monitoring of safe practices for the sterilization of dental instruments in private clinics in Porto Velho, helping and encouraging the academic community with the importance of this issue in training.

Indexing terms: Biological indicators. Exposure to biological agents. Sterilization.


RESUMO

Objetivo
Avaliar a qualidade do processo de esterilização em consultórios odontológicos da rede privada do município de Porto Velho, Rondônia.

Métodos
Realizou-se um estudo de amostra aleatória com 100 consultórios odontológicos, por meio de questionário sobre procedimentos referentes ao processo de esterilização e realização do monitoramento biológico dos equipamentos, utilizando esporos de Bacillus subtilis para a estufa e Geobacillus stearothermophilus para a autoclave.

Resultados
Houve predominantemente o uso da autoclave para esterilização dos materiais odontológicos (72%); Dentre os aparelhos avaliados, 7 (25%) estufas apresentaram resultado positivo (esterilização não efetiva), e nenhuma autoclave (0%) apresentou resultado positivo, demonstrando eficácia no processo de esterilização; encontrou-se inadequação dos seguintes parâmetros necessários à garantia da qualidade do processo de esterilização: relação tempo/temperatura incorretos (100% para autoclaves, 84,6% para estufas); falta de termômetros nas estufas (28%); ausência de monitoramento biológico (37,3% para estufas e 45,3% para autoclaves); e desinfecção dos instrumentais com glutaraldeído é utilizada de maneira incorreta; a maioria dos consultórios odontológicos não interrompe o ciclo de esterilização nas estufas; fazem uso de grau cirúrgico para esterilização dos instrumentos em autoclave; o material esterilizado é armazenado em local adequado.

Conclusão
Portanto diante dos resultados pode-se concluir que, a maioria dos consultórios odontológicos da rede particular do município de Porto Velho, Rondônia, utiliza a autoclave como método de esterilização e que este mostrou ser eficiente diante dos indicadores biológicos utilizados, porém o conhecimento dos cirurgiões-dentistas quanto ao processo de esterilização e desinfecção foi insuficiente, o que vem alertar para a necessidade de uma maior conscientização dos profissionais.

Termos de indexação: Indicadores biológicos. Exposição a agentes biológicos. Esterilização


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso