English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 59, N° 2 (2011)

open journal systems


Posição do incisivo inferior em pacientes braquifaciais e sua correlação com a maloclusão Classe I, II e III esquelética / Lower incisor position in brachyfacial patients its correlation with malocclusion Class I, II and III skeletal

Daniel TAGLIARI
Rafaela PERY
Cristian CORREA
Viviane DEGAN
Julio Cesar Bento dos SANTOS



Resumo

Objetivo
Avaliar cefalometricamente a posição dos incisivos inferiores em indivíduos braquifaciais nas maloclusões de Classe I, II e III, assim como sua correlação.

Métodos
A amostra constou de 60 telerradiografias de cabeça tomadas em norma lateral com imagens de qualidade e nitidez adequada, pertencentes a documentações de pacientes adultos, de ambos os sexos, portadores de dentição permanente completa e não submetidos a tratamento ortodôntico prévio.

Resultados
As mensurações para análise da posição do incisivo inferior foram obtidas através das grandezas que caracterizam a posição de incisivo inferior, a saber: 1.NB, FMIA, IMPA, DC (Discrepância Cefalométrica de Tweed). Os dados foram submetidos à análise estatística de Kruskal-Wallis p<0,05 e ao Teste de correlação de Spearman considerando cada medida em função das maloclusões.

Conclusão
Há correlação direta das discrepâncias esqueléticas com o posicionamento dos incisivos inferiores em indivíduos braquifaciais, e quando maior a Classe II maior a tendência de vestibularização do incisivo inferior, e quanto maior a Classe III maior a tendência de lingualização desses dentes.

Termos de indexação: Cefalometria. Crescimento. Incisivo Inferior. Maloclusão.


ABSTRACT

Objective
The purpose of this study was to perform a cephalometric evaluation of the mandibular incisor position and its correlation with Class I, II and III malocclusions in individuals with a brachyfacial pattern.

Methods
The sample consisted of 60 lateral teleradiographs of the head, with images of good quality and clarity from the documentation of adult patients of both genders, with complete permanent dentition, who had not previously been submitted to orthodontic treatment.

Results
The measurements for analyzing the mandibular incisors were obtained by means of the variables that characterize the mandibular incisor position, namely: 1.NB, FMIA, IMPA, DC (Tweed’s Cephalometric Discrepancy). The data were submitted to statistical analysis using the Kruskal-Wallis test p<0,05 and Spearman’s correlation test considering each measurement as a function of the malocclusions.

Conclusion
It was concluded that there is direct correlation of skeletal discrepancies with the lower incisors positioning in individuals brachyfacial, and therefore the greater the Class II greater the tendency for flaring of the lower incisor, and the higher the class III greater the tendency for these teeth lingually.

Indexing terms: Cephalometry. Growth. Incisor Lower. Malocclusion.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso