English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 61, N° 2 (2013)

open journal systems


Use of participative methodology in oral health education for adolescents / Utilização de metodologia participativa na educação em saúde bucal para adolescentes

Tatiana Ribeiro de Campos MELLO
Patrícia NOGUEIRA
Cláudia CORÁ
Ana Carolina JUNQUEIRA
Daniel KORYTNICKI



Resumo

ABSTRACT

Objective
This paper describes a model of participative methodology used in the oral health education for teenagers.

Methods
16 teenagers aged between 10 and 14 years old participated. Focus groups were used to evaluate the topics of interest. The methodology evaluation was performed by the analysis of the material developed by the teenagers and an objective questionnaire, applied after the project completion.

Results
By means of the focus group it was identified the following issues: problems due to bad breath in their relationships and the relationship between lack of access to employment and precarious oral health. Ten meetings were held to discuss these issues and evaluate their relationship with oral health basics. The participation of adolescents was encouraged via movies and music available on the Internet. At the end of the meetings the group produced some educational materials and a comic book, which was analyzed and considered as a category 3: very rich design in content, objective concepts and clear goals. The questionnaire revealed that the right answers concentrated on the subjects which they have developed educational materials, such as self-care. 88% of the teenagers evaluated the project as very important, and an influencing factor in their improvement of oral health care.

Conclusion
The use of a participative methodology for oral health education can, in fact, positively impact on changing teenagers behaviors. Third sector institutions that perform a well-planned and committed work can contribute to the promotion of oral health in Brazil.

Indexing terms: Adolescent. Health education, dental. Oral health.


RESUMO

Objetivo
Descrever um modelo de metodologia participativa utilizado na educação em saúde bucal de adolescentes.

Métodos
Participaram 16 adolescentes com idades entre 10 e 14 anos. Para o conhecimento de temas de interesse foi utilizado o grupo focal. A avaliação da metodologia empregada foi realizada através da análise do material desenvolvido pelos adolescentes e de um questionário objetivo, aplicado após o término do projeto.

Resultados
Através do grupo focal foi possível identificar os seguintes temas: problemas trazidos pelo mau-hálito em uma relação afetiva e a relação entre dificuldade de acesso ao emprego e precariedade da saúde bucal. Foram realizados 10 encontros para a discussão e relacionamento desses temas com conceitos básicos de saúde bucal. A participação dos adolescentes foi incentivada através de filmes disponíveis na Internet e músicas. Ao final dos encontros o grupo produziu alguns materiais educativos e um gibi, que foi analisado e considerado como categoria 3: desenho muito rico em conteúdo; conceitos objetivos e claros. O questionário demonstrou que as respostas certas se concentraram nos temas para os quais eles desenvolveram material didático,como o auto-cuidado. O projeto foi avaliado por 88% dos adolescentes como muito
importante e como um fator que os influenciou na melhora do cuidado com a saúde bucal.

Conclusão
A utilização de uma metodologia participativa de educação em saúde bucal pode, de fato, impactar positivamente na mudança de atitude dos adolescentes. Instituições do terceiro setor que realizem um trabalho comprometido e bem planejado podem contribuir para a promoção de saúde bucal no Brasil.

Termos de indexação: Adolescente. Educação em saúde bucal. Saúde bucal.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso