English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 61, N° 1 (2013)

open journal systems


Evaluation of oral diseases in a population of special needs patients / Avaliação das doenças orais em uma população de pacientes com necessidades especiais

Francisco Artur Forte OLIVEIRA
Clarissa Pessoa FERNANDES
Filipe Nobre CHAVES
Lorena Barreira MAGRO
Fabrício Bitu SOUSA
Rafael Lima Verde OSTERNE



Resumo

ABSTRACT

Objective
To evaluate the oral health status of a population of patients with special needs cared for in the specialization course of the Brazilian Association of Dentistry, Ceará Branch.

Methods
In this cross-sectional, descriptive study the indexes DMFT and CPI were used to evaluate dental caries and periodontal disease, respectively, from August 2009 through March 2010. The need for dental treatment and other soft tissue lesions were also investigated.

Results
88 patients selected by convenience sampling were examined intraorally, and the mean age was 43.8 ± 16. Most of the patients fell within the group of systemic diseases (68.1%), especially cardiovascular diseases (15.9%). The mean DMFT index was 17.54 ± 7.13, and 87.5% of patients presented active dental caries. According to the highest degree of periodontal condition observed in the individual, the dental tartar (index 2) was present in a greater number of patients (50.9%). Regarding the need for dental treatment, 68.1% of patients needed restorative treatment, 43.1% of patients needed surgery (extractions) and 21.5% of patients needed endodontic treatment. There were no soft-tissue abnormalities in most patients (89.7%).

Conclusion
The examined patients showed a high prevalence of oral diseases such as dental caries and gingivitis/periodontitis, and therefore a great need for dental treatment. Given the results, it becomes important to stimulate dental care and preventive practices focused on this segment of the population.

Indexing terms: Dental care for disabled. Dental care for the chronically ill. Epidemiology. Oral health.


RESUMO

Objetivo
Avaliar a condição de saúde bucal de uma população de pacientes com necessidades especiais atendida no curso de especialização da Associação Brasileira de Odontologia, Seção Ceará.

Métodos
Nesse estudo de natureza descritiva e transversal utilizou-se os índices CPO-D e IPC para avaliação das doenças cárie e periodontal, respectivamente, entre os meses de Agosto de 2009 e Março de 2010. Necessidades de tratamento dentário e outras lesões em tecidos moles orais também foram investigadas.

Resultados
Realizaram-se exames bucais em 88 pacientes selecionados por conveniência, sendo a média de idade correspondente a 43,8 ± 16 anos. A maioria se enquadrava no grupo de doenças sistêmicas (68,1%), destacando-se as diseases cardiovasculares (15,9%). O índice CPO-D médio foi 17,54 ± 7,13, com 87,5% dos pacientes apresentando cárie ativa. Segundo o maior grau de condição periodontal observado no indivíduo, o cálculo dental (índice 2) foi o que esteve presente em um maior número de pacientes (50,9%). Quanto às necessidades de tratamento dental, 68,1% deles necessitaram de tratamento restaurador, 43,1% de tratamento cirúrgico (exodontias) e 21,5% de tratamento endodôntico. Não foram encontradas anormalidades em tecido mole na maioria dos pacientes (89,7%).

Conclusão
Os pacientes examinados possuíam alta prevalência de doenças orais, como cárie e gengivite/periodontite e, conseqüentemente, grande necessidade de tratamento odontológico. Diante dos resultados, torna-se importante motivar a atenção odontológica e as práticas preventivas voltadas para essa parcela da população.

Termos de indexação: Assistência odontológica para pessoas com deficiência. Assistência odontológica para doentes crônicos. Epidemiologia. Saúde bucal.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso