English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 60, N° 3 (2012)

open journal systems


Adolescents’ knowledge regarding oral health using validated instrument by Item Response Theory / Conhecimento de adolescentes sobre saúde bucal utilizando instrumento validado pela Teoria de Resposta ao Item

Kléryson Martins Soares FRANCISCO
Maria Lúcia Marçal Mazza SUNDEFELD
Suzely Adas Saliba MOIMAZ



Resumo

ABSTRACT

Objective
The aim of this study was to evaluate the level of 6th grade of elementary schoolchildren’s knowledge at an elementary school in the municipality of Araçatuba, São Paulo, Brazil, using a validated instrument for Item Response Theory.

Methods
A questionnaire was developed based on a literature search of articles in computerized databases such as Pubmed, Bireme and SciELO. We selected questions that had a greater range of adjustments and by applying the Technical Focus Group, these questions were reformulated using language appropriate for the study population. Subsequently the questionnaire was subjected to application of Item Response Theory that was standardized with 19 items. For data processing for correction of the questionnaire, we used the software for analysis and EPI2000 of TRI, BILOG software. A total of 979 questionnaires were applied to adolescents aged 12-14 years who attended the 22 state schools in the city.

Results
The percentage of questionnaires completed was 84.4%. All questionnaire items were discriminatory, yet most needed below average skill of knowledge to be answered correctly. Sixteen percent of correct items received over 75%. Only items 2, 3 and 15 obtained indices close to 50%. Sixteen items had hit percentage above 75%. Only items 2, 3 and 15 had percentages close to 50%.

Conclusion
From the results of this study, we could conclude that the students have a good level of oral health knowledge, however further research is required to spread the use of Item Response Theory in analysis of assessment tools, especially in dentistry.

Indexing terms: Adolescent. Knowledge. Oral health.

RESUMO

Objetivo
Avaliar o nível de conhecimento dos escolares da 6ª série do ensino fundamental do município de Araçatuba, São Paulo, por meio de um instrumento validado pela Teoria de Resposta ao Item.

Métodos
Foi elaborado um questionário baseado em uma pesquisa bibliográfica de artigos em bancos de dados informatizados como Pubmed, Bireme e SciELO. Foram selecionadas as perguntas que possuíam uma maior variação de acertos e por meio da aplicação da Técnica do Grupo Focal, foram reformuladas com uma linguagem adequada à população de estudo. Posteriormente o questionário foi submetido a aplicação da Teoria de Resposta ao Item em que foi padronizado com 19 itens. Para o processamento dos dados para correção do questionário, utilizou-se o software EPI2000 e para as análises da Teoria de Resposta ao Item, o software BILOG. Foram aplicados 979 questionários em adolescentes com idade entre 12 a 14 anos que frequentavam as 22 escolas da rede estadual de ensino do município.

Resultados
A porcentagem de questionários respondidos foi de 84,4%. Todos os itens do questionário foram discriminatórios, no entanto a maioria necessitava de habilidade abaixo da média do conhecimento para serem respondidos corretamente. Dezesseis itens obtiveram porcentagem de acerto acima de 75%. Somente os itens 2, 3 e 15 obtiveram índices próximos de 50%.

Conclusão
Frente aos resultados deste trabalho, pôde-se concluir que os escolares possuem um bom nível de conhecimento sobre saúde bucal. No entanto, pesquisas adicionais são necessárias para disseminar o uso da Teoria de Resposta ao Item em análises de instrumentos de avaliação, especialmente na Odontologia.

Termos de indexação: Adolescente. Conhecimento. Saúde bucal.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso