English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 59, N° 4 (2011)

open journal systems


Prevalência de cárie dentária e condições periodontais de escolares / Prevalence of dental caries and periodontal conditions among schoolchildren aged between five and twelve, in a rural municipality in Brazil

Angela Cristina Rocha GIMENES
Elenir Rose Jardim Cury PONTES



Resumo

Objetivo
Analisar a saúde bucal de escolares residentes em um município rural e de pequeno porte, em relação à cárie dentária e condições periodontais.

Métodos
Foi estudada uma amostra de 335 escolares de 5 a 12 anos de idade residentes de Santa Rita do Pardo, Mato Grosso do Sul, em 2006. Foram
utilizados os índices CPOD e ceod para cárie dentária e CPI para condição periodontal, segundo os códigos e os critérios da Organização
Mundial da Saúde de 1999. Os dados socioeconômicos foram obtidos de questionários dirigidos aos pais.

Resultados
Constatou-se que 75,2% desta população tinham renda per capita de até meio salário-mínimo e 54% viviam na zona rural. O município
não tem água de abastecimento público fluoretadas artificialmente e 51,4% dos estudantes utilizam água não tratada (de poço). Aos 5
anos de idade, 41,2% dos estudantes tinham cárie dentária na dentição decídua e aos 12 anos, 72,7% na dentição permanente. O principal
componente do ceod e do CPOD foram os dentes cariados. O CPOD encontrado aos 12 anos foi de 2,64 (IC 95% 1,82 - 3,46). A porcentagem
de escolares com gengivas sadias decresceu à medida que aumentou a idade.

Conclusão
Uma parcela expressiva de escolares apresentou lesões não tratadas de cárie dentária e sangramento gengival. Os municípios pequenos
enfrentam dificuldades na disponibilização de água tratada e fluoretada para toda população. O acesso difícil às áreas rurais provoca
descontinuidade dos programas de saúde. É pertinente a realização de estudos epidemiológicos nas diversas regiões brasileiras, que
possibilitem o mapeamento destes aspectos relacionados à saúde bucal.

Termos de indexação: Epidemiologia. Fluoretação. Inquéritos de saúde bucal. Saúde bucal.


ABSTRACT

Objective
To analyze the oral health of schoolchildren living in a small, rural municipality, in respect of dental caries and periodontal conditions.

Methods
In 2006, we studied a sample of 335 children between the ages of 5 and 12 in Santa Rita do Pardo, in the state of Mato Grosso do Sul. The
DMFT and dmft indices were used to assess the condition in respect of dental caries while for the periodontal status, we used the CPI index,
observing the 1999 codes and criteria of the World Health Organization. Socio-economic data were obtained through questionnaires given
to the parents.

Results
It was found that 75.2% of this population had a per capita income of up to half of the minimum wage and 54% lived in rural areas. The
municipality does not have its public water supply artificially fluoridated and 51.4% of students use untreated water (i.e. from wells). At 5
years of age, 41.2% of students had dental caries in the deciduous dentition while by twelve years old, 72.7% had caries in the permanent
dentition. The main component of the dmft and DMFT were decayed teeth. The DMFT found in 12 year-olds was 2.64 (95% CI 1.82 to 3.46).
The percentage of schoolchildren with healthy gums decreased with age.

Conclusion
a significant proportion of schoolchildren had untreated lesions of dental caries and gingival bleeding. The smaller municipalities have difficulty in
providing clean, fluoridated water to the entire population. The difficult access to rural areas causes discontinuity in terms of health programs. It
is important to conduct epidemiological studies in different regions of Brazil, enabling the mapping of these oral health-related aspects.

Indexing terms: Epidemiology. Fluoridation. Dental health surveys. Oral health.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso