English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 60, N° 4 (2012)

open journal systems


Influence of calcium hydroxide remains on marginal leakage of filled standard root sections / Influência dos resíduos de hidróxido de cálcio na infiltração marginal de corpos de prova obturados

Sara Teodoro MARRA
Maria Antonieta Veloso Carvalho de OLIVEIRA
João Carlos Gabrielli BIFFI



Resumo

ABSTRACT

Objective
To evaluate the influence of calcium hydroxide on the degree of marginal leakage in roots filled with two different types of sealers.

Methods
Roots of single-rooted bovine teeth (n=54) were instrumented and divided into four groups of 12 samples each: G1 and G2 were filled with zinc oxide- ugenol sealer, G3 and G4 filled with resin calcium hydroxide based-sealer. The G1 and G3 received calcium hydroxide intracanal medication for seven days. After removal of the medication, samples of the four groups were filled using the lateral condensation technique.
The six remaining roots underwent biomechanical preparation, but received no medication or filling, serving as a control group. The apical third and part of the middle third were cut, leaving just 6mm in total length. The specimens were immersed in India ink for 72 hours. Cross sections were made to determine the length and depth of penetration of the dye and were quantified macroscopically with the software ImageTool 3.00.

Results
The results showed no statistical difference (p <0.05) with the groups that were filled with resin calcium hydroxide based-sealer, regardless of previous use of intracanal medication or not. However when the filling was made with zinc oxide-eugenol sealer, dye penetration was higher in the group that received no intracanal medication.

Conclusion
The presence of residues of calcium hydroxide only had an influence on leakage when the sealer was made with zinc oxide-eugenol.

Indexing terms: Calcium hydroxide. Coloring agents. Dental leakage.


RESUMO

Objetivo
Avaliar a influência do hidróxido de cálcio sobre o grau de infiltração marginal em raízes obturadas com dois tipos de cimentos.

Métodos
Raízes de dentes bovinos unirradiculares (n=54) foram instrumentadas e divididas em quatro grupos com 12 amostras: G1 e G2 obturados com cimento à base de óxido de zinco e eugenol; G3 e G4 obturados com cimento resinoso com hidróxido de cálcio. Os grupos G1 e G3 receberam medicação intracanal de hidróxido de cálcio por sete dias. Após a remoção da medicação, os quatro grupos foram obturados pela técnica de condensação lateral. As seis raízes restantes passaram pelo preparo biomecânico, mas não receberam medicação intracanal nem obturação, serviram como grupo controle. O terço cervical e parte do terço médio das raízes foram seccionados, permanecendo somente 6,0 mm do comprimento total. Foram imersas no corante tinta India por 72 horas. Secções transversais foram feitas para verificação da extensão e profundidade de penetração do corante e quantificadas macroscopicamente com o software ImageTool 3.00.

Resultados
Os resultados não apresentaram diferença estatística (p<0,05) com relação aos grupos obturados com cimento resinoso, independente do uso prévio ou não da medicação intracanal. Entretanto quando o cimento à base de óxido de zinco e eugenol foi usado a penetração do corante foi maior no grupo que não recebeu medicação intracanal.

Conclusão
A presença dos resíduos do hidróxido de cálcio influenciou na infiltração marginal, somente quando o cimento usado foi à base de óxido de zinco e eugenol.

Termos de indexação: Hidróxido de cálcio. Corantes. Infiltração dentária.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso