English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 60, N° 1 (2012)

open journal systems


Oral healthcare profile of a Brazilian state capital according to data from the Outpatient Clinic Information Database of the Unified National Health System / Caracterização do modelo de atenção à saúde bucal de uma capital estadual brasileira, utilizando o sistema de informações ambulatoriais do Sistema Único de Saúde

Letícia Lara LINHARES
Ronaldo BORDIN



Resumo

ABSTRACT

Objective
This study determined the oral healthcare profile of Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil.

Methods
Data on the oral care procedures provided by the public healthcare system of the municipality of Porto Alegre from 2000 to 2007 were obtained from the Outpatient Clinic Information Database of the Brazilian Unified National Health System and categorized according to their level of care (preventive and curative) and complexity (primary and specialty).

Results
Preventive and primary procedures represented 60.2% and 87.7%, respectively, of the procedures done during the study period. The number
of procedures involving dental prostheses increased 1031%, endodontic treatments increased 153%, and primary surgical procedures decreased 48%.

Conclusion
The Municipal Department of Health does not have data on the oral health of the municipal population because there was no oral health
management at the time. The Outpatient Clinic Information System proved to be an important tool for the assessment of the federal, state and
municipal oral healthcare policies. The critical information it provides improves policy makers’ decision-making, the purpose of any information
system.

Indexing terms: Health management. Oral health. Public health dentistry.


RESUMO

Objetivo
Caracterizar o modelo de atenção à saúde bucal em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Métodos
Caracterização a partir de informações obtidas no banco de dados do Sistema de Informações Ambulatoriais do Sistema Único de Saúde, segundo procedimentos realizados por nível de atenção (preventivos e curativos) e complexidade (básicos e especializados), no período 2000-2007.

Resultados
Observou-se que os procedimentos preventivos representaram 60,2% da produção ambulatorial do período avaliado, enquanto os procedimentos básicos representaram 87,8%. Houve um aumento de 1031% na realização de procedimentos relacionados a próteses dentárias e de 153% nos tratamentos endodônticos, ao mesmo tempo em que ocorreu uma redução de 48% na produção de procedimentos cirúrgicos básicos.

Conclusão
A Secretaria Municipal de Saúde não dispõe de dados referentes à saúde bucal no município, pois inexiste, neste momento, uma coordenação
de saúde bucal. O Sistema de Informações Ambulatoriais mostrou-se uma importante ferramenta na avaliação das políticas de saúde bucal nos
níveis municipal, estadual e nacional, fornecendo, aos gestores, um material indispensável para a tomada de decisão: finalidade de qualquer
sistema de informações.

Termos de indexação: Gestão em saúde. Saúde bucal. Odontologia em saúde pública.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso