English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 57, N° 3 (2009)

open journal systems


Acompanhamento longitudinal das reabilitações sobre implantes mandibulares: análise do índice de satisfação dos pacientes e comportamento dos componentes e da prótese / Longitudinal follow-up of rehabilitations on mandibular implants: analysis of patient satisfaction rates and behavior of dentures and components

Jacira Nara ACUNHA
Geninho THOMÉ
Ana Cláudia Moreira MELO
Ivete Aparecida de Mattias SARTORI
Ana Flávia Sanches BORGES



Resumo

Objetivos: Analisar o comportamento dos implantes e das próteses dos casos tratados no aperfeiçoamento em Implantologia da Escola Instituto de Ensino, Aperfeiçoamento e Pesquisa em Odontologia do Mercosul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, e avaliar a importância do acompanhamento. Métodos: Foram avaliados 29 pacientes com 120 implantes (Neodent Implantes Osseointegráveis, Curitiba, Brasil), com faixa etária média de 64 anos. As reabilitações foram próteses fixas mandibulares de arco total. O item de avaliação estatístico foi a quantidade de implantes em função sem mobilidade e o número de parafusos protéticos que se mantinham apertados após períodos que variaram entre 18 e 72 meses após a instalação das próteses. Resultados: A análise de sobrevivência revelou que 100% dos 120 implantes obtiveram sucesso e 85% dos parafusos das próteses mantiveram o aperto. Os resultados demonstraram que os implantes apresentam sucesso, independente do período em função e também independente de ser ou não prótese com carga imediata. No entanto, os parafusos protéticos não apresentam o mesmo índice de sucesso. O índice de satisfação dos pacientes com o tratamento foi de 82,75%. Conclusão: Com base nos dados obtidos, é possível concluir que o acompanhamento dos casos é um procedimento clínico muito importante para a manutenção do sucesso alcançado.

Termos de indexação: continuidade da assistência ao paciente; implantes dentários; prótese dentária fixada por implante.


Abstract

Objectives: Analyze the behavior of implants and demtures of cases treated at the dental implant improvement center of the Instituto de Ensino, Aperfeiçoamento e Pesquisa em Odontologia do Mercosul school, Porto Alegre, RS, Brazil, and to evaluate the importance of long-term follow-up. Methods: Twenty nine patients with a mean age of 64 years, and 120 implants (Neodent Implantes Osseointegráveis, Curitiba, Brasil) were evaluated. The rehabilitations were mandibular complete fixed dentures. The evaluation item used in the Kaplan-Meier survival statistic analysis was the number of implants in function with no mobility (success) and the number of prosthetic screws that remained tight after periods ranging from 18 to 72 months of the prostheses in mouth. Results: The survival analysis revealed that 100% of 120 implants were successful and 85% of the screws remained tightly fastened. The results showed that the implants were successful irrespective of the period in function and irrespective of whether or not the dentures received immediate load; however, the screws did not show the same success rate, since loosening occurred in the course of time. The patient rate of satisfaction with the treatment was 82,75%. Conclusion: Based on the data it was concluded that long-term follow-up is a very important clinical procedure for maintaining the success achieved.

Indexing terms: continuity of patient care; dental implants; dental prosthesis implant-supported.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso