English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 60, N° 1 (2012)

open journal systems


Recurrent Infection by varicella-zoster virus with facial scarring / Infecção recorrente pelo vírus varicela-zoster com sequelas cicatriciais na face

Maurício Malheiros BADARÓ
Isabella da Silva Vieira MARQUES
Maria Sueli da Silva KATAOKA
Maria das Graças Rodrigues PINHEIRO
Antônio Inácio ATHAYDE
João de Jesus Viana PINHEIRO



Resumo

ABSTRACT

Primary contact with the varicella-zoster virus occurs through varicella (chickenpox) and culminates with this virus entering the sensory nerves and remaining latent in the dorsal root ganglion. Transmission occurs by dissemination of infectious particles of the varicella-zoster virus by the aerosol released from nasopharyngeal secretions or skin lesions, or by direct contact with lesions. Herpes zoster occurs after clinically evident reactivation of the virus, affecting the whole distribution of the infected sensory nerve. When compared with primary infection, herpes zoster has a more severe character, requiring the use of pharmaceutical drugs. The cause of reactivation is unknown and may be associated with predisposing factors, such as age, stress or impaired immune system. This study reports a case of a patient who presented clinical manifestations compatible with varicella zoster infection exacerbated by the use of homemade remedies, resulting in a secondary infection and facial scarring.

Indexing terms: Chickenpox. Herpes virus 3, human. Herpes zoster.


RESUMO

O contato primário com o vírus varicela-zoster ocorre na varicela (catapora), culminando com a transposição desse vírus para os nervos sensitivos, onde estabelece sua latência no gânglio espinhal dorsal. A transmissão ocorre por disseminação das partículas infecciosas do vírus varicela-zoster através de aerossóis liberados a partir de secreções do nasofaringe ou lesões cutâneas ou, ainda, pelo contato direto com lesões. O herpes-zoster clinicamente evidente ocorre após a reativação do vírus, com o envolvimento da distribuição do nervo sensitivo afetado. Quando comparado com a infecção primária, o herpes-zoster desenvolve um caráter de maior severidade, sendo sempre necessária a administração de uma terapêutica medicamentosa eficaz. A causa dessa reativação é desconhecida, podendo estar relacionada a fatores predisponentes como a faixa etária, estresse ou imunodeficiências. Neste trabalho relata-se um caso clínico em que a paciente apresentou manifestações clínicas condizentes com um quadro característico de infecção por varicela-zoster, complicado por uso de medicação caseira, resultando em infecção secundária e cicatrizes faciais.

Termos de indexação: Varicela. Herpesvirus humano 3. Herpes zoster.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso