English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 54, N° 2 (2006)

open journal systems


Uso de laser e placa oclusal na sensibilidade dentinária de bruxômanos

Takami Hirono HOTTA
Julie Teresa MARCHESAN
Thiago Morelli dos SANTOS
Marco Antonio da SILVA



Resumo

A hipersensibilidade dentinária encontra-se presente numa grande parcela da população e indivíduos que apresentam parafunção oclusal desenvolvem com mais freqüência, lesões cervicais não cariosas. Com o objetivo de avaliar o efeito da laserterapia de baixa intensidade sobre esse tipo de sensibilidade, formou-se um grupo com aplicações efetivas de laser e, um outro grupo com aplicações de laser e placa interoclusal. Em ambos os grupos, a sensibilidade dentinária foi mensurada utilizando-se uma escala visual analógica, antes e depois de cada uma das quatro aplicações de laser para análise do efeito imediato e também, 1 semana, 1 mês e 2 meses da última aplicação, para análise do efeito tardio. Os estímulos utilizados foram o contato de uma sonda exploradora na região cervical dos dentes e a aplicação de rápido jato de ar, via seringa tríplice. Os resultados mostraram que nos grupos 1 e 2 a sensibilidade dentinária foi maior frente ao estímulo jato de ar. A laserterapia apresentou efeitos benéficos, a cada aplicação, no grupo irradiado e, ao final de dois meses, manteve a melhoria frente ao estímulo jato de ar. No grupo 2, os resultados foram estatisticamente significantes nas quatro aplicações frente a ambos os estímulos e se mantiveram até o período final de observação.

Termos de Indexação: sensibilidade da dentina; lasers; oclusão dentária traumática.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso