English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 59, N° 2 (2011)

open journal systems


Condutas clínicas na utilização de antibióticos em exodontias / Clinical usage of antibiotics for teeth extractions

Fabrício Batistin ZANATTA
Eduardo Augusto RICHTER
Antonio Roberto de Souza PEDROSO
Cassiano Kuchenbecher RÖSING



Resumo

Objetivos
Verificar por meio de um questionário fechado, as condutas adotadas por cirurgiões-dentistas em relação ao uso de antimicrobianos tópicos e sistêmicos em procedimentos cirúrgicos.

Métodos
Um questionário foi respondido por 33 dos 48 dentistas cadastrados na região. Os dados foram analisados em termos de frequências e associações foram feitas a partir do teste Exato de Fisher (p<0,05).

Resultados
Os resultados demonstraram que a maioria dos cirurgiões-dentistas utilizam profilaxia antibiótica pré-operatória (89,0%) e pós-operatória (100,0%). Dentre as razões que justificam esta conduta destacam-se a presença de alterações sistêmicas nos pacientes, presença de processo agudo preestabelecido e a necessidade de utilização de retalho e osteotomia. Já a utilização da clorexidina como profilaxia antimicrobiana foi utilizada por 69,0% e 54,5% dos cirurgiões-dentistas no pré-operatório e pós-operatório, respectivamente. Quando estes resultados foram confrontados com as evidências disponíveis sobre este temática pode-se concluir que a maioria das condutas dos cirurgiões-dentistas não são sustentadas por evidências científicas.

Conclusão
Estes resultados reforçam a necessidade de uma mudança na prática clínica nos profissionais avaliados.

Termos de indexação: Agentes antibacterianos. Cirurgia bucal. Clorexidina.


ABSTRACT

Objective
This study used a closed questionnaire to investigate dentists’ practices concerning the use of antibiotics and antiseptics.

Methods
A questionnaire was answered by 33 of the 48 dentists practicing in the region. The data were analyzed in terms of frequencies and associations were investigated by the Fisher’s exact test (p<0.05).

Results
The results demonstrated that many dentists usually prescribed antibiotics preoperatively (89%) and postoperatively (100%). The reasons that justify this protocol are the presence of systemic diseases, preestablished acute disorders and the need of using open flaps and ostectomy. Chlorhexidine was used prophylactically by 69% and 54.5% of the dentists preoperatively and postoperatively, respectively. When these results were compared with the available evidence regarding the use of antibiotics, the majority of the clinical protocols used were not supported by scientific evidence.

Conclusions
These results reinforce the need of changing the clinical practices of these professionals.

Indexing terms: Anti-bacterial agents. Surgery oral. Chlorhexidine.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso