English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 57, N° 1 (2009)

open journal systems


Atribuições e implicações legais dos profissionais auxiliares da odontologia: visão do próprio auxiliar / Analysis of the legal attributes and implications of professional dental assistants: view of the assistant him

Luiz Renato PARANHOS
Silvana TOMASSO
Ivan Delgado RICCI
Danilo Furquim SIQUEIRA
Marco Antonio SCANAVINI



Resumo

Objetivo: Analisar as atribuições e implicações legais dos auxiliares de cirurgiões-dentistas, tanto no aspecto da utilização de seus serviços como na sua formação. : Foram distribuídos quinhentos questionários para os auxiliares de cirurgiões-dentistas de clínicas particulares na região de Piracicaba, São Paulo, com 127 (25,4%) retornos, respondidos pelos próprios auxiliares. Resultados: Todos os profissionais pesquisados eram do gênero feminino, apresentando o segundo grau completo em 55,9%. A maioria dos auxiliares foi treinada pelo próprio cirurgião-dentista, ora extrapolando, ora ficando aquém de suas funções. A minoria (18,1%) era registrada no Conselho Regional de Odontologia, e 74,8% eram registrados em Carteira de Trabalho. Nenhum auxiliar sofreu processo ou advertência do Conselho Regional de Odontologia. Conclusão: É importante uma maior divulgação do Código de Ética Odontológica e da Consolidação das Normas para Procedimentos nos Conselhos de Odontologia junto aos profissionais e auxiliares, evitando, com isso, a má utilização dos seus serviços. É necessária uma maior fiscalização para evitar o exercício de atividades inadequadas e que não pertençam a sua formação profissional.

Termos de indexação: odontologia legal; auxiliares de odontologia; prática profissional.



Abstract

Objective: To analyze the attributes and legal implications of the Dentists’ Assistants, both from the aspect of the use of their services and their education/training. Methods: Five hundred questionnaires were distributed to Dentists’ assistants in private clinics in the region of Piracicaba, São Paulo, of which 127 (25.4%) returns were received, answered by the assistants themselves. Results: All the professionals researched were women, and 55.9% of them had completed high school. The majority of the assistants were trained by the dentist him/herself, sometimes exceeding, and at other times falling short of the demands of their functions. The majority (18.1%) were registered with the Regional Council of Dentistry and 74.8% were registered in the Employment Books. No assistants were sued by or received warning from the Regional Council of Dentistry. Conclusion: Wider publication of the Dental Code of Ethics and consolidation of norms for procedures in the Dentistry councils as regards professionals and assistants is important in order to avoid misuse of their services. Stricter monitoring is required to prevent assistants from performing inadequate activities, as well as those outside of their professional education.

Indexing terms: forensic dentistry; dental auxiliaries; professional practice.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso