English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 54, N° 2 (2006)

open journal systems


Processo de fotoativação de resinas compostas: estudo comparativo entre a nova geração de LED´s e a luz halógena

Alessandra de Souza RASTELLI
Marcelo Ferrarezi de ANDRADE
Cristina KURACHI
Vanderlei Salvador BAGNATO



Resumo

O propósito desse estudo foi avaliar a capacidade de polimerização de uma nova geração de LEDs (LEC 1000 – MMOPTICS) e de um aparelho de luz Halógena (Curing Light 2500 - 3M/ESPE) utilizados pelos tempos de 10, 20 e 40 segundos, e na técnica de fotoativação trans-dental pelo tempo de 40 segundos. Utilizou-se a resina composta Filtek Z-250 (3M/ESPE) na cor A2 para confeccionar as amostras em uma matriz metálica circular contendo orifício central com 4 mm de diâmetro e 2 mm de espessura (ISO 4049). Na técnica de fotoativação trans-dental utilizou-se facetas de estrutura dental com 1, 2 ou 3 mm de espessura (esmalte e dentina) interpostas entre a resina composta e a fonte de luz. Após a fotoativação, as amostras foram armazenadas em meio seco a 37°C durante 24 horas. Logo após esse período, medidas de dureza Vickers foram obtidas nas superfícies de topo e base das amostras. Foram realizadas 4 impressões por superfície. O dispositivo LEDs proporcionou os maiores valores médios de dureza nas superfícies de topo e de base pelos tempos de 20 e 40 segundos, bem como na técnica de fotoativação trans-dental independente.

Termos de Indexação: resina composta; dureza; LEDs.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso