English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 58, N° 3 (2010)

open journal systems


Perfil epidemiológico de casos incidentes de câncer de boca e faringe / Epidemiological profile of incident cases of oral and pharyngeal cancer

Letícia de Cássia MELO
Marcelle Cristina da SILVA
Joyce Maria de Paula BERNARDO
Eduardo Bertarini MARQUES
Isabel Cristina Gonçalves LEITE



Resumo

Objetivo: Avaliar o perfil epidemiológico de uma coorte de pacientes diagnosticados com câncer de boca e faringe de um Centro de Alta Complexidade em Oncologia nível II do município de Juiz de Fora, Minas Gerais, entre janeiro 2005 e dezembro 2007. Métodos: Estudo transversal, fundamentado na análise retrospectiva e descritiva de 101 prontuários médicos. Resultados: Dos 101 pacientes, 84,2% eram homens com baixo nível de escolaridade, bem como trabalhadores braçais (35,8%) e 15,8%, mulheres, donas-de-casa (5,5%). A razão de sexo foi 5,3:1; idade média de 56,5 anos, sendo que 49,5% dos casos apresentavam ao diagnóstico, idade inferior à média do grupo. Com relação aos hábitos de risco, 67,1% eram tabagistas e o etilismo foi descrito em 49,3% dos prontuários, sendo que o relato de consumo diário, sob forma de bebidas destiladas (47,3%), foi feito por 60% dos casos. O sítio anatômico mais prevalente foi a língua (32%), orofaringe (18,5%), assoalho de boca (12,4%). No estadiamento ao diagnóstico verificou-se maior número de tumores T4 (39,4%), N2 (38,3%), M0 (91,4%). Conclusão: O diagnóstico das lesões bucais malignas foi tardio, observando-se estadiamento T4 em 39,4% dos casos. Assim, para que oportunidades diagnósticas não sejam comprometidas é necessário o treinamento dos profissionais de saúde para abordagem dos fatores preventivos e do diagnóstico precoce e, finalmente a elaboração de rotinas programadas nos serviços de saúde para detecção de lesões suspeitas à inabilidade de alguns médicos e dentistas no reconhecimento do câncer. Contudo, para que oportunidades diagnósticas não sejam perdidas é necessário o treinamento dos profissionais de saúde para abordagem dos fatores preventivos e do diagnóstico precoce e, finalmente a elaboração de rotinas programadas nos serviços de saúde para detecção de lesões suspeitas.

Termos de indexação: epidemiologia; fatores de risco; neoplasias bucais; neoplasias faríngeas.


Abstract

Objective: The aim of this study was to evaluate the epidemiological profile of a cohort of patients diagnosed with oral or pharyngeal cancer in a High Complexity Oncology Center (level II) in Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil, from January 2005 to December 2007. Methods: This cross-sectional study was based on the retrospective and descriptive analysis of 101 medical records. Results: Of the 101 patients 84.2% were males with low education levels, of which 35.8% were blue-collar workers and 15.8% were females, of which 5.5% were homemakers. The gender ratio was 5.3:1 and the mean age of the sample was 56.5 years. The age of 49.5% of the individuals at diagnosis was below the mean age of the group. Regarding risk factors, 67.1% were smokers and 49.3% were alcoholics; 60% of the sample reported drinking distilled beverages (47.3%) daily. The most common sites were the tongue (32%), oropharynx (18.5%) and floor of mouth (12.4%). Staging at diagnosis revealed that 39.4% were T4, 38.3% were N2 and 91.4% were M0. Conclusion: The diagnosis of malignant oral lesions was late: 39.4% of the sample was in stage T4. Thus, for diagnostic opportunities not to be missed, it is necessary to train health professionals so that they can address the factors of prevention and early diagnosis. It is also necessary to develop routines in health services to detect suspicious lesions since some physicians and dentists are unable to recognize cancerous lesions.

Indexing terms: epidemiology; risk factors; mouth neoplasms; pharyngeal neoplasms.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso