English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 59, N° 2 (2011)

open journal systems


Resistência à flexão e microdureza da resina acrílica quimicamente ativada submetida à tratamento por energia de micro-ondas / Flexural strength and microhardness of a chemically activated acrylic resin after microwave energy treatment

Lucas Hian da SILVA
Rubens Nisie TANGO
Estevão Tomomitsu KIMPARA
Guilherme de Siqueira Ferreira Anzaloni SAAVEDRA
Tarcisio José de Arruda PAES JUNIOR



Resumo

Objetivo
Avaliar o efeito do tratamento por energia de micro-ondas sobre as propriedades de resistência à flexão e microdureza da resina acrílica de ativação química Dencrilay Speed® (Dencril, Pirassununga, Brasil).

Métodos
Foram confeccionados 24 corpos-de-prova separados em quatro grupos de acordo com o ciclo de tratamento por energia de micro-ondas. O G1 (controle) não recebeu tratamento algum. Os grupos G2, G3 e G4 foram imersos em 200ml de água destilada e irradiados em micro-ondas a 650W durante 5, 3 e 1 minuto, respectivamente. Cada grupo (n=6) foi submetido ao ensaio de resistência à flexão de três pontos e ao teste de microdureza Vickers (após 48 horas de armazenamento).

Resultados
Os valores médios (Mpa) e desvios-padrão para o teste de resistência à flexão foram: G1 86,04 ± 10,32 a; G2 100,1 ± 5,52 ab; G3 102,04 ± 5,41 b; G4 104,81 ± 14,17 b. Os valores médios encontrados em microdureza (VHN) foram: G1- 21,98 ± 0,82 a; G2- 20,15 ± 1,24 b; G3- 19,69 ± 0,91 b; G4- 19,44 ± 0,41 b.

Conclusão
O tratamento por energia de micro-ondas elevou a resistência à flexão e reduziu a microdureza da resina acrílica avaliada.

Termos de indexação: Micro-ondas. Prótese total. Resinas acrílicas.


ABSTRACT

Objective
This study assessed the effectiveness of microwave energy treatment on the flexural resistance and microhardness of the chemically-activated acrylic resin Dencrilay Speed®.

Methods
Twenty-four specimens were prepared and divided into 4 groups according to microwave-energy treatment cycle. G1 (control) did not receive any treatment. The specimens in groups G2, G3 and G4 were immersed in 200mL of distilled water and then microwaved in a 650W oven for 5, 3 and 1 minutes, respectively. Each group (n=6) was submitted to a three-point flexural strength test and to a Vickers hardness test after a 48-hour storage.

Results
The mean values (MPa) and standard deviations for the flexural strength test were: G1 86.04 ± 10.32 a; G2 100.1 ± 5.52 ab; G3 102, 04 ± 5.41 b; G4 104.81 ± 14.17b. The mean values found for the hardness test (VHN) were: G1-21.98 ± 0.82 a; G2-20.15 ± 1.24 b; G3- 19,69 ± 0.91 b; G4-19.44 ± 0.41 b.

Conclusion
Microwave treatment increased the flexural strength and reduced the microhardness of chemically-activated acrylic resins.

Indexing terms: Microwave. Acrylic resin. Denture complete.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso