English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 58, N° 3 (2010)

open journal systems


Fluxo salivar em pacientes idosos / Salivary flow in elderly patients

Antônio Anildo Gomes de LUCENA
Ermano Batista da COSTA
Pollianna Muniz ALVES
Robéria Lúcia Queiroz FIGUÊIREDO
Jozinete Vieira PEREIRA
Alessandro Leite CAVALCANTI



Resumo

Objetivo: Analisar a associação entre fluxo salivar baixo e uso de medicamentos em idosos. Métodos: A pesquisa caracterizou-se como sendo observacional, prospectiva, transversal e descritivo-analítica. A amostra do tipo probabilística foi composta por 98 idosos (29,6% eram homens e 70,4% eram mulheres), atendidos nas Unidades Básicas de Saúde e Centros de Assistência ao Idoso de Campina Grande, Paraíba. A associação significativa entre as variáveis dependentes e independentes foi verificada por meio do teste qui-quadrado considerando o valor para rejeição da hipótese nula de p<0,05. Resultados: As alterações orais foram diagnosticadas em 81,6% da amostra, sendo a língua fissurada (34,4%) e a língua saburrosa (23,4%) as mais frequentes. O uso de medicamentos foi reportado por 86,7% dos idosos, enquanto a sensação de boca seca por 46,0%. Redução no fluxo salivar foi verificada em 46,0% da amostra, não sendo constatadas diferenças estatisticamente significante entre essa variável e o sexo, o uso de medicamentos e a sensação de boca seca (p>0,05). Conclusão: Apesar de não ter sido observada associação entre o uso de medicamentos e a redução do fluxo salivar em indivíduos idosos, é necessário que sejam implementadas ações de educação, prevenção e promoção de saúde bucal para essa população, proporcionado melhor qualidade de vida.

Termos de indexação: assistência odontológica para idosos; idoso; saliva; xerostomia.



Abstract

Objective: This study aimed to analyze the association between low salivary flow rates and the use of drugs among the elderly. Methods: This was an observational, prospective, cross-sectional and descriptive-analytic study. A total of 98 elderly individuals (29.6% males and 70.4% females) being treated at Primary Healthcare Units and Centers of Assistance to the Elderly of Campina Grande, Paraiba, were included by probabilistic sampling. The chi-square test was used to verify the association between dependent and independent variables and the null hypothesis was rejected at the 5% significance level (p<0.05). Results: Oral changes were diagnosed in 81.6% of the sample. The most common changes were fissured tongue (34.4%) and hairy-coated tongue (23.4%). The use of medications was reported by 86.7% of the elderly and dry mouth by 46%. The reduction of salivary flow was verified in 46% of the elderly. Statistically significant differences between this variable and gender, use of medications and dry mouth were not verified (p>0.05). Conclusion: Although an association between the use of medications and reduced salivary flow in elderly patients was not found, oral health education, prevention and promotion programs are needed for this population to improve their quality of life.

Indexing terms: dental care for aged; aged; saliva; xerostomia.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso