English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 57, N° 4 (2009)

open journal systems


Associação do tabagismo com periodontite crônica em usuários do Sistema Único de Saúde, Cuiabá, Mato Grosso / The association between smoking and chronic periodontitis in users of the public dental services, “Sistema Único de Saúde”, Cuiabá, Mato Grosso, Brazil

Alba Regina Silva MEDEIROS
Ageo Mario Cândido da SILVA
Clovis BOTELHO



Resumo

Objetivo: Avaliar a associação do tabagismo com a periodontite crônica, nos usuários das Clínicas Odontológicas do Sistema Único de Saúde em Cuiabá, Mato Grosso. Métodos: Fizeram parte do estudo cem pacientes que responderam a um questionário e foram submetidos a exame periodontal completo, para classificação do tipo, extensão e severidade da periodontite crônica. Nas entrevistas, foram obtidas informações sobre o uso do tabaco. Aplicaram-se testes de associação (RP, X2, exato de Fisher, ANOVA e t-Student, Mann-Whitney e Kruskal-Wallis), em um nível de significância de 5% e Intervalo de Confiança de 95%. Resultados: A prevalência de periodontite crônica, classificada como severa, foi maior no sexo masculino (42,4%); aquelas classificadas como moderada ou leve foram mais frequentes nas mulheres (60,7%). Em relação à quantidade de cigarros fumados na vida, os pacientes com periodontite crônica severa tiveram maior média (4831,5 carteiras) do que os pacientes classificados como moderada ou leve (1397,6 carteiras). Após o ajuste por todas as variáveis, a que se manteve fortemente associada à severidade da periodontite foi o tempo do tabagismo, eliminando, inclusive, o efeito de quantidade de cigarros fumados por dia ou durante a vida. Conclusão: O tabagismo mostrou-se associado à periodontite crônica, sendo que o grau de severidade e a extensão da lesão foram significativamente
associados ao tempo de tabagismo.

Termos de indexação: periodontite; saúde bucal; tabagismo.


Abstract

Objective: To assess the association between smoking and chronic periodontitis in users of the public dental services, “Sistema Único de Saúde”, Cuiabá, Mato Grosso, Brazil. Methods: One hundred patients who answered a questionnaire, were submitted to a full periodontal exam for classification according to the type, extent and severity of chronic periodontitis. In these interviews, information was collected about the use of tobacco. Association tests were carried out (RP, X2, Fisher’s exact test, ANOVA and the Student’s-t, Mann-Whitney and Kruskal-Wallis tests) at a significance level of 5% and with confidence intervals of 95%. Results: The prevalence of chronic periodontitis, classified as Severe, was higher in men (42.4%); those classified as Moderate or Light were more common in women (60.7%). As regards the number of cigarettes smoked in their lifetimes, the patients with Severe Chronic Periodontitis had a higher average (4831.5 cigarettes package) than the patients classified as Moderate or Light (1397.6 cigarettes package). After an adjustment to take into account all the variables, it was strongly maintained that the severity of periodontitis was associated with the length of the smoking, even more so than the effect of the quantity of cigarettes smoked per day in the whole lifetime. Conclusion: Smoking was seen to be associated with periodontal disease and the degree of severity and extent of chronic periodontitis were significantly associated with the duration of smoking.

Indexing terms: periodontitis; oral health; smoking.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso