English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 54, N° 3 (2006)

open journal systems


Estudo das alterações ocorridas no perfil facial, linha h e ângulo nasolabial dos pacientes tratados ortodonticamente

Marcelo Dantas MARINHO



Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar as mudanças ocorridas nos tecidos moles do perfil facial após tratamento ortodôntico. Para isto foi realizado um estudo em 174 radiografias cefalométricas de perfil tomadas antes e após tratamento ortodôntico, de 87 indivíduos brasileiros, leucodermas, considerando como variáveis os tipos de má oclusão (Classe I, II, III), gênero (masculino e feminino) e o potencial de crescimento (existente ou não); submetidos a tratamento ortodôntico sem extração, segundo a filosofia de Alexander. A partir dos traçados cefalométricos, mensurou-se as grandezas da linha H e o ângulo nasolabial. Os resultados demonstraram que apesar da pequena diminuição do ângulo nasolabial após finalizado o tratamento, estas alterações não foram estatisticamente significante, entretanto com relação a linha H houve um ligeiro aumento da distancia entre a ponta do nariz e a linha H (distância H-nariz), sendo este aumento significante somente nos pacientes Classe II (em ambos os gêneros) e para os paciente em idade com potencial de crescimento. Concluiu-se que pacientes submetidos a tratamento ortodôntico segundo a filosofia de Alexander, sem extração, mantêm seu perfil quase inalterado, e que as mínimas alterações não foram capazes de interferirem na estética do perfil facial.

Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso