English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 57, N° 3 (2009)

open journal systems


Sucesso clínico e radiográfico do capeamento pulpar indireto com remoção parcial de tecido cariado em molares decíduos / Clinical e radiographic sucess of indirect pulp capping with partial excavation of demineralization dentin in primary posterior teeth

Marcela Oliveira da SILVA
Diana Carla Soares CUNHA
Roberta Francisca Martins de CASTRO
Ramiro Borba PORTO



Resumo

Objetivo: Avaliar o índice de sucesso da técnica de capeamento pulpar indireto, com remoção parcial do tecido cariado, em molares decíduos de pacientes tratados no período de 2004 a 2006. Métodos: A amostra consistiu de 81 dentes de 36 pacientes, com idade entre 1 e 8 anos. Foram estabelecidos critérios clínicos e radiográficos de seleção da amostra e critérios de sucesso para os tratamentos avaliados. Resultados: Foram observados 4 insucessos (4,9%) e 77 (95,1%) tratamentos que apresentaram sucesso, sendo três em crianças do gênero feminino e um no gênero masculino, não havendo diferença estatisticamente significativa (p=0,341). Vinte e três dentes foram tratados com cimento de ionômero de vidro resinoso modificado, com 22 sucessos, e 58 tratados com resina composta, com 55 dentes que apresentaram sucesso no período avaliado, não sendo encontrada diferença estatisticamente significativa entre os materiais restauradores utilizados (p=0,877). Já, em relação à faixa etária estudada, pacientes com faixa etária entre 1 e 4 anos apresentaram um índice de sucesso significativamente inferior aos obtidos em crianças entre 5 e 8 anos (p=0,0428). Conclusão: Os resultados obtidos sugerem que o capeamento pulpar indireto, com remoção parcial de tecido cariado, é uma técnica confiável para ser adotada em lesões de cárie agudas e profundas, em dentina de dentes decíduos.

Termos de indexação: dente decíduo; dentina; odontopediatria.


Abstract

Objective: To assess the outcome of the indirect pulp capping technique after incomplete excavation of the demineralized dentin in primary molars of patients treated in the period from 2004 to 2006. Methods: Sample consisted of 81 teeth of 36 patients aged from 1-to-8 year-old. Clinical and radiographic inclusion criteria, as well as criteria of the success of the evaluated treatments were established. Results: There were four (4.9%) failures and 77 (95.1%) successful treatments. Treatment failure occurred in three girls and in one boy, and no statistically significant difference (p=0.341) was found. Twenty three teeth were treated with resin-modified glass-ionomer cement and 58 with composite resin, of which 22 and 55, respectively, showed successful results. There was no statistically significant difference between restorative materials used (p=0.877). As regards the studied age group, patients aged from 1 to 4 years showed a significantly lower success rate when compared with 5-8 year-old children (p = 0.0428). Conclusion: The results suggest that the indirect pulp capping technique after incomplete excavation of demineralized dentin is a reliable technique to be adopted in deep lesions of primary teeth.

Indexing terms: primary teeth; dentin; pediatric dentistry.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares artigo
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso