English Espaol

Buscar artigos: em     Busca Avançada

RGO - Revista Gaúcha de Odontologia > Vol. 58, N° 4 (2010)

open journal systems


Representações sociais como instrumento de informação para a saúde bucal coletiva / Social representations as an instrument of information for the public’s oral health

Cristina Berger FADEL
Nemre Adas SALIBA



Resumo

A Epidemiologia tem buscado, além do entendimento da distribuição do processo saúde-doença nas populações, o estudo da causalidade a ele relacionada, desenvolvida pela humanidade ao longo do tempo e a interpretação da historicidade desse campo do saber. A proposta deste estudo é, por meio de criterioso exame na literatura, apontar a importância da utilização do conhecimento popular como estratégia de investigação qualitativa em saúde e desmistificar o uso das representações sociais para o campo da Odontologia. Com o início do delineamento de um novo paradigma para o entendimento do processo saúde-doença bucal, o qual privilegia a ideia de que o mesmo é também resultado de uma produção sócio-cultural, o conhecimento das circunstâncias e do contexto em que o mesmo está inserido, torna-se peça fundamental para as ações avaliativas em saúde. Apesar de a Odontologia científica ter avançado no conhecimento de suas doenças, a comunicação com o saber popular deixa muito a desejar, uma vez que grande parte dos profissionais encontra-se presos em um modelo fragmentado de atenção. Reconstruir a lógica pela qual as representações de saúde e doença bucal foram produzidas e socializadas ao longo do tempo pode ser considerada uma relevante e producente finalidade das representações para o âmbito odontológico.

Termos de indexação: Análise qualitativa. Epidemiologia. Saúde bucal. Saúde coletiva.


ABSTRACT

In addition to understanding the distribution of the populations’ health-disease process, epidemiology has sought to study the causality associated with this process, which humanity developed over time, and to interpret the narrative of this field of knowledge. A solid review of the literature was done to emphasize the importance of using popular knowledge as a qualitative health-related investigation strategy and to demystify the use of social representations in the field of dentistry. By initiating the design of a new paradigm for understanding the oral health-disease process, which favors the idea that it is also the result of a sociocultural production, knowledge of the circumstances and context in which it is inserted becomes critical for health assessment actions. Although scientific dentistry has advanced the understanding of oral diseases, communication with popular knowledge leaves much to be desired, since most professionals find themselves trapped in a fragmented model of care. Reconstruction of the logic by which the representations of oral health were produced and socialized over time can be considered a relevant and productive purpose of the representations in the dental area.

Indexing terms: Qualitative analysis. Epidemiology. Public health. Oral health.


Texto completo: PDF



Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares
  Context
  Action

Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Avisar | Contato | Buscar | Acesso